contextile_apresentacao

Apresentação

A Contextile – Bienal de Arte Têxtil Contemporânea está de regresso, para a sua 3ª edição. Caso único em Portugal e na Península Ibérica, a Contextile 2016 voltará a ocupar muitos dos principais espaços culturais da cidade de Guimarães, entre 30 de Julho e 16 de Outubro de 2016, contando com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães e da DGartes – Direcção Geral das Artes, entre outros.

Nas duas primeiras edições convocaram-se os artistas, portugueses e estrangeiros, a olharem para a criação artística contemporânea, a partir do têxtil. O acolhimento da bienal pelos vimaranenses, a grande adesão de diferentes públicos e, em particular, a participação criativa e entusiasta da comunidade artística legitima a realização de mais uma edição da Contextile, contribuindo afirmativamente para a visibilidade da arte têxtil contemporânea.

A Contextile continuará a desenvolver a sua missão, partindo da sua matriz conceptual e artística que a distingue: colocar o têxtil no contexto da arte contemporânea.
O programa será, uma vez mais, eclético, centrado num conjunto de atividades e eventos de dimensão internacional, que têm no têxtil o principal elemento de referência na reflexão, investigação e criação artística. Procurar-se-á, também, fortalecer a posição da bienal nos circuitos internacionais de arte contemporânea, bem como na cidade e região que a acolhe.

A Contextile 2016 contará na sua programação com as seguintes atividades: Exposição Internacional (competitiva), Residências Artísticas, Artistas Convidados, Exposição “Saudade”, Exposição “A Textile Memory: The Lausanne Biennials”, Exposição “Emergências”: educação e criação artística têxtil, Exposição Satélite, Intervenções Públicas, Workshops, TextileTalks/conversas temáticas e a Conferência Internacional “Que lugar é este?”.

 

Back To Top